Nos dias 04 a 07 de setembro de 2020, realizou-se o VII Capítulo Provincial da Província Jesus Maria José, em Brasília (DF), Brasil. Teve início com a Celebração Eucaristia presidida por Dom José Aparecido, Bispo Auxiliar e Administrador da Arquidiocese de Brasília.

Neste acontecimento tão importante para o Instituto em que a Província elegeu o novo Governo Provincial para os próximos três anos, e que traçou os horizontes e mandatos em continuidade com XVI Capítulo Geral nos alegramos e unimos a toda Província para continuarmos “A cuidar da vocação a zelar o Carisma e a expandir a nossa espiritualidade, mantendo os olhos fixos em Jesus.

 

 

 

Minhas queridas Irmãs Julieta e Deuzelina, representantes do Governo Geral aqui no VII CAPÍTULO PROVINCIAL.


Amadas Irmãs Capitulares da nossa Província JMJ e em cada uma de vocês, saúdo e abraço todas as irmãs que compõem esta Unidade Administrativa e peço que levem minha saudação fraterna a todas que estão em nossas comunidades.


Chegamos ao final de um processo capitular que teve início há mais de 10 meses. Este capítulo foi gerado com muita oração, caminhando sob a inspiração dos nossos tema, lema e frase iluminadora: UMA VOCAÇÃO A CUIDAR, UM CARISMA A ZELAR E UMA ESPIRITUALIDADE A EXPANDIR. Fomos convidadas a aprofundar mensalmente as virtudes próprias da nossa Consagração enquanto Irmãs do Instituto JMJ, testemunhando assim estas exigências numa Igreja sempre em saída. A voz de Maria clamou a cada instante a todas nós: Façamos tudo o que Jesus disser.


E aqui estamos... agradecidas por tudo que vivemos durante estes dias. Agradecidas pelo que pudemos receber do trabalho do governo provincial cessante e da equipe pré capitular e demais irmãs que estando aqui em Brasília se debruçaram com dedicação na preparação deste momento único na história de nossa Província. Também agradeço a todos os nossos colaboradores aqui da chácara, da Casa Provincial e do Colégio. Sei que não foi fácil, ainda mais em tempo de pandemia. Mas, tudo esteve muito bem organizado e acolhedor.
Cada celebração Eucarística, cada momento orante foram tempos fortes de renovação e forma de nos colocarmos abertas e atentas aquilo que o Senhor foi preparando para cada uma de nós, especialmente as eleitas para o novo governo provincial e toda Província, através da construção conjunta do nosso documento capitular para o próximo triênio.
Na Celebração Eucarística tivemos a graça de através das palavras a nós dirigidas na homilia de um padre que pouco conhecemos, recebermos um itinerário de como devemos continuar a cuidar da vocação uma das outras, do zelo pelo nosso carisma e da nossa espiritualidade a qual devemos expandir a partir da Palavra de Deus do Evangelho de Mateus 18. Vamos aprofundar isto e traçar a partir daí um itinerário de serviço baseado no amor, na correção fraterna, na oração, na solidariedade e no cuidado.
Fomos corajosas e audaciosas em nos reunirmos neste tempo incerto, tempo de pandemia. Mas, com a colaboração de cada uma conseguimos superar as dificuldades e tenho fé em Deus que voltamos e permaneceremos livres deste vírus que assola a humanidade e que veio nos destituir de tantas certezas, projetos e expectativas. Continuemos nos cuidando para cuidarmos ainda mais dos outros.
Peço encarecidamente as irmãs que rezem por mim, pelas irmãs que compõem o governo provincial e nos ajudem na condução desta missão que também é de cada uma, pois a Província somos todas e cada uma de nós: noviça, juniorista e irmãs professas das mais novas a mais anciã. Cada uma com suas virtudes, dons e qualidades tão bem lembrados neste mês de agosto. Continuemos rezando umas pelas outras, continuemos fazendo o exercício cotidiano de redescobrir a maravilha que cada uma traz dentro de si e que realiza com a graça de Deus. Assim construiremos comunidades mais fraternas.
Superemos todo e qualquer sentimento que nos impeça de verdadeiramente crescermos no amor umas para com as outras, sendo assim testemunhas alegres de uma vida consagrada autêntica e que mostre para o mundo a realidade do céu.
Nossas talhas saem cheias do vinho da alegria, pois aqui vivemos a festa onde Maria nos levou a fazer o que Jesus nos mandou. Por isso, estamos felizes, estamos com o coração leve e confiante. Sabemos dos desafios, mas acreditamos que até aqui o Senhor que nos conduziu. Daqui prá frente Ele continuará a nos conduzir com seu amor misericordioso.
Tenhamos o olhar fixo em Jesus. Ele é a única razão do nosso ser consagradas. É somente por Ele que aqui estamos, que tudo deixamos. Busquemos o essencial e deixemos o que nos impeça de ser totalmente d’Ele.
Não nos sintamos sozinhas, desamparadas, isoladas. Somos uma família que tem Jesus, Maria e José como nossos patronos e modelos. A nossa Bem-Aventurada Rita Amada de Jesus não nos abandona e agora nos envia: “Ide minhas filhas, sede observantes e fiéis a Deus Nosso Senhor e Ele estará convosco. ”
Neste dia 7 de setembro de 2020, dia da nossa Pátria, reforcemos o nosso amor ao Brasil e pelos nossos irmãos e irmãs brasileiros e brasileiras, especialmente os pobres, abandonados, as crianças, os jovens e as famílias. Sejamos consagradas, que neste país, na cidade em que estamos possamos dar o nosso testemunho profético para que de fato o Brasil seja livre de todo mal que o escraviza e empobrece.
Obrigada por tudo. Deus lhes pague pela confiança, o carinho e a amizade que nos uniu. Obrigada pelo sim generoso, audacioso e pronto de cada uma das irmãs eleitas para o nosso governo provincial.
Avante, sejamos Rita Hoje! Lá aonde o Senhor nos convocou para estarmos e ao lado das pessoas, irmãs e irmãos que a bondade de Deus nos confiou, na missão própria de cada uma. Sejamos fiéis vivendo bem o nosso momento presente, colocando na misericórdia do Pai tudo que passou e nos lançando cheias de confiança no amanhã que o Senhor nos reserva na sua bondade.
Cantando o Hino Capitular declaro encerrado o VII CAPÍTULO PROVINCIAL DA PROVINCIA JESUS MARIA JOSÉ.

 

                                                                                                                     IRMÃ MARIA ANGELICA GOMES DA SILVA - jmj

 

Tema: A vida é missão | Lema: “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8)

Chegamos ao mês de Outubro. Continuemos valorizando a vida, o Bem mais precioso que o Senhor nos deu. Sejamos missionários do amor e levamos a paz e a esperança.

“A vida é missão” será o tema que vai animar a ação missionária na Igreja, em conjunto com o lema “Eis-me aqui, envia-me!” (Is 6,8), escolhido pelo Papa Francisco como inspiração bíblica para o Dia Mundial das Missões.

“Ser missionário significa que a vida toda é uma missão. Ela não se reduz a tarefas, atividades, cursos, encontros ou visitas. Mas a missão é o todo do nosso ser! “Não há como desvincular a vida da missão. Papa Francisco .

Mesmo vivendo um tempo diferente, em que o mundo passa por uma pandemia que mudou nossas relações, a Campanha Missionária em 2020 quer ser um sinal de esperança para tantas vidas doadas de forma solidária. O tema escolhido “A vida é missão” e o lema “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8) irão nos ajudar no crescimento da consciência missionária.

Ser discípulo missionário está além de cumprir tarefas ou fazer coisas. O Papa Francisco lembra que “a missão no coração do povo não é uma parte da minha vida, ou ornamento a ser posto de lado. É algo que não posso arrancar do meu coração” (Alegria do Evangelho, 27).

Nós cristãos somos convidados a defender e cuidar da vida em todas as suas dimensões. Jesus de Nazaré definiu sua ação no mundo como o Divino Cuidador: “Eu vim para que todos tenham vida e vida em abundância” (Jo10,10). Esse também deve ser o compromisso de todos os missionários e missionárias, pois a vida é missão.

A vida é o bem fundamental e básico em relação a todos os demais bens e valores da pessoa. Para a ética, a vida é um bem, mais que um valor. Deus, ao contemplar a criação, “viu que tudo era muito bom” (Gn 1,31).

Oração do Mês Missionário

Deus Pai, Filho e Espírito Santo, fonte transbordante da missão. Ajuda-nos a compreender
que a vida é missão, dom e compromisso. Que Maria, nossa intercessora na cidade, no campo, na Amazônia e em toda parte, ajude, cada um de nós, a ser testemunhas proféticas do Evangelho, numa Igreja sinodal e em estado permanente de missão. Eis-me aqui, Senhor, envia-me! Amém.

“ Daí graças a Deus por tudo”.

Viva Jesus Maria José! Para sempre em nossos corações

Vimos através desta agradecer imensamente a Deus por todo o trabalho dinamizado pela Ir. Leonir Tomazi por ocasião da celebração dos cento e quarenta anos de fundação do Instituto Jesus Maria José.
Avaliamos como um acontecimento singular e de fortes repercussões no Instituto tanto de forma interna como externamente. Mesmo em tempos de pandemia, foi possível nos unir em torno de uma grande e santa mulher, Rita Amada de Jesus num clima de oração e celebração para manifestar a nossa gratidão e louvor por este Carisma que é dom da bondade e vontade de Deus.

Foi para nós Irmãs:
- Um tempo de profunda sintonia com o Instituto;
- Conhecermos a realidade onde se encontrar o Instituto;
- Ocasião de reflexão do nosso Carisma e Espiritualidade;
- Momento de partilha, de criatividade e comunhão;
- Manifestação de fé e amor a Rita Amada;
- Divulgação jamais sentida, de Rita Amada;
- Foi um tempo de vivencia intensiva da vida e missão de Rita Amada;
- Valorização das Irmãs, especialmente as idosas nas celebrações;
- Uma programação bem articulada e inspiradora;
- Participação nas celebrações de todos (crianças, jovens, alunos, professores, famílias...)
- Participação dos sacerdotes e Bispos com reflexões profundas e provocadoras;
- Participação dos Membros da Fraternidade Jesus Maria José;
- Espírito de unidade e cooperação de todas...
- Forte empenho de Ir. Leonir Tomazi, na coordenação das ações.
- Vivacidade e envolvimentos das comunidades.

Só resta-nos parabenizar a todas por este acontecimento de graças, que vai nos revelando a Boa Nova e a hora de Rita Amada de Jesus.
Que Jesus Maria José e a Bem Aventurada Rita Amada de Jesus ilumine, socorra e salve a todos.
Nossa gratidão.

Comunidade do Governo Geral

Clique aqui e confira as fotos:

 

É com alegria que nós Irmãs do Instituto Jesus Maria José parabenizamos todas as vocações presentes na Igreja e no mundo, pelo serviço prestado na Igreja e no mundo com alegria e esperança no cuidado com a vida. Que as bênçãos da Bem Aventurada Rita Amada de Jesus esteja sobre nós e nos conduza a sermos discípulos missionários nesta Igreja em saída.

Este ano, em específico, a inspiração principal do mês vocacional está em sintonia com a Exortação Pós-Sinodal do Papa Francisco, a Christus Vivit, apresentada aos jovens e que traz orientações pastorais para toda a Igreja.

Com o tema “Amados e Chamados por Deus” e o lema “És precioso aos meus olhos. Eu te amo” (Is 43,1-5), o mês vocacional este ano será celebrado de uma forma especial, principalmente por conta da pandemia.

A Exortação Pós-Sinodal revela três verdades que serão mencionadas aqui, a primeira verdade é que Deus nos ama, então isso está muito presente no tema e no lema. O tema “Amados e chamados por Deus” e o lema inspirado em Isaías “És precioso aos meus olhos. Eu te amo”, é uma citação bíblica que consta no documento do Papa, na Exortação Apostólica, então a primeira verdade é que Deus nos ama e que nunca deveremos duvidar disso, apesar de que possa nos acontecer na vida momentos difíceis. Em qualquer circunstância somos amados infinitamente, então o mês vocacional quer de algum modo enfatizar esta vocação: fomos chamados a amar, porque fomos antes de tudo amados.

No próximo ano vamos seguir “A verdade nos salva” e, em 2022, a terceira verdade que o Papa proclamou na sua Exortação “Ele vive”.

Oração Vocacional

Senhor da Messe e Pastor do Rebanho, faze ressoar em nossos ouvidos teu forte e suave convite: “Vem e segue-me”. Derrama sobre nós o teu Espírito, que Ele nos dê Sabedoria para ver o caminho e generosidade para seguir tua voz. Senhor, que a Messe não se perca por falta de Operários. Desperta nossas comunidades para a Missão. Ensina nossa vida a ser serviço. Fortalece os que querem dedicar-se ao Reino, na vida consagrada e religiosa. Senhor, que o Rebanho não pereça por falta de Pastores. Sustenta a fidelidade de nossos bispos, padres e diáconos. Dá perseverança a nossos seminaristas. Desperta o coração de nossos jovens para o ministério pastoral em tua Igreja. Senhor da Messe e Pastor do Rebanho, nos para o serviço de teu povo. Maria, Mãe da Igreja, modelo dos servidores do Evangelho ajuda-nos a responder SIM.

 

 

Página 1 de 2

Please publish modules in offcanvas position.

Free Joomla templates by L.THEME